O que você não deve assistir no fim de semana #14

Muita cor, pouca qualidade.

Muita cor, pouca qualidade.

O Teleguiado posta toda sexta-feira uma lista com os piores programas transmitidos pela TV no fim de semana.

Você confere os eleitos (?) a partir de agora.
I Could Kill For Dessert
Sexta, 15h, VH1

Por que não assistir?  Os programas de gastronomia estão cada vez mais populares na TV brasileira – sobretudo entre os canais pagos. O excesso de oferta tem motivado os programadores a buscarem formatos diferentes, mais “comportamentais”. “I Could Kill For Dessert” é um desses híbridos desagradáveis. Para apresentar uma receita, a chef precisa desfilar seu estilo (cafona) de vida, compartilhar sua intimidade e sorrir o tempo todo. Ninguém precisa disso para enrolar brigadeiro.

A Novela Das 8
Sábado, 7h15, Telecine Premium

Por que não assistir? O Brasil precisava criar um filme em que sua história (tanto faz qual) fosse contada paralelamente a uma novela. Era uma questão de honra. Um fetiche. Dirigido por Odilon Rocha, “A Novela Das 8” mistura ditadura militar e Dancin Days para preencher esse vazio cinematográfico. O resultado final provou que, na verdade, o Brasil não precisava criar um filme em que sua história (tanto faz qual) fosse contada paralelamente a uma novela.

O Belo e As Feras
Sábado, 18h15, Canal Viva

Por que não assistir? 1) O trocadilho do título. 2) É sitcom brasileiro. 3) É protagonizado por Chico Anysio. 4) Você realmente precisa de um quarto motivo?

Paraísos Artificiais
Sábado, 20h00, Telecine Touch

Por que não assistir? Um garoto e duas garotas vão parar em um festival chamado Shangri-La (poderia ser Gingko Biloba). Influenciados pela música e pela arte, começam a se relacionar de maneira intensa, sem notar que estão mudando o rumo de suas vidas.  Tenho a impressão de que o diretor gostava muito de “Avatar” e “Matrix”. Também tenho a impressão que o fanatismo não fez bem para o filme.

Como Perder Um Homem Em Dez Dias
Domingo, 16h40, tbs

Por que não assistir? Se está em casa, interessada em ver isso, é porque o homem você já perdeu.  Assim, não precisa perder também o tempo.

O tempo fez muito bem a “Sai de Baixo”

O canal Viva vai exibir mais três episódios especiais da série

O canal Viva vai exibir quatro episódios especiais da série. Maratona começa dia 11 de junho.

Foi mesmo uma pena Cláudia Jimenez e Tom Cavalcante não participarem da nova temporada de “Sai de Baixo”. E é uma pena saber que apenas quatro episódios foram planejados.

Vavá, Cassandra, Magda, Caco e Neide Aparecida foram muito bem no aguardado retorno à TV. Tanto que em nenhum momento a trama pareceu exageradamente inverossímil ou partiu para uma descaracterização de personagens. Um mérito e tanto no que diz respeito a produções brasileiras, sempre muito cruas na hora de tratar o “tempo”.

O timing das piadas, bastante próximo do observado nos primeiros anos do humorístico, foi outro ponto que chamou atenção. Mérito total do roteiro, cuidadoso na hora de estilingar referências contemporâneas, e do elenco, perfeito em todas as falas improvisadas. Até Marco Feliciano entrou na ciranda.

Na contramão de outros especiais já exibidos, “Sai de Baixo” surpreendeu ao revelar disposição e um inegável compromisso em preservar a própria imagem.

Bom para o público, que conseguiu matar adequadamente a saudade.

Bom para o mercado, que reencontrou sua melhor referência de comédia e ficção.

Confira os horários de exibição da série aqui.

O que você não deve assistir no fim de semana #2

Cartaz de "Memórias Póstumas de Brás Cubas"

Cartaz de “Memórias Póstumas de Brás Cubas”

Poucas ideias funcionaram no “Teleguiado” em sua primeira semana.

Ok. Vou ser franco.

Apenas dois posts funcionaram no “Teleguiado” em sua primeira semana.

Reprisei críticas muito bem googladas e acessadas, sugeri DVDs, elogiei (!) profissionais, testei um bocado de estratégias.

Nada adiantou.

Meus leitores, e elogio vocês por este comportamento, não querem flores e aplausos.

Eles querem humilhação, chacota e ofensas.

Por isso, e apenas por isso, os campeões de cliques dos últimos dias foram: “Um dia com a TV Brasil” e a primeira edição desta humilde seção.

Se não ficou claro, reitero: vocês, leitores, têm toda razão.

Aproveitem (mesmo) a segunda leva de “O que você não deve assistir no fim de semana”.

Fique longe de…

“Memórias Póstumas de Brás Cubas”
Prime Box, sábado, 18h

Por que não assistir? Machado de Assis é um cidadão bem azarado quando o assunto é cinema. Não existe uma mísera adaptação bem feita. “Memórias Póstumas de Brás Cubas” foi, de longe, o livro mais castigado. Reginaldo Faria criou a versão Augusto Boal de Brás Cubas. O cartaz do filme, publicado acima, explica bem o tom aplicado ao personagem.

“Mr.Bean”
Canal Viva, sábado, 21h30

Por que não assistir? Eu tenho vergonha de responder esta pergunta, mas tudo bem, vamos lá. Há um conjunto de fatores envolvidos. Primeiro: é impossível que você não tenha vida social. Segundo: nenhum pacote de TV paga oferece apenas o canal Viva. Pegue o controle remoto, explore.  Terceiro: Mr.Bean nunca fez humor inocente e inteligente. Isso é truque publicitário. Ele faz humor mongol. Faça um bem para sua imagem: passe longe do Mr. Bean, o Chico Anysio dos gringos.

“Chegou Honey Boo Boo”
TLC, domingo, 20h

Por que não assistir? Este reality show acompanha a vida de uma menina de 6 anos, participante assídua daqueles aborrecidos concursos de “crianças prodígio”. A infantilização dos adultos presentes no programa é um dos espetáculos mais desalentadores que a TV americana já ofereceu. Opte pela Supernanny.