Antes de “Carrossel”, SBT usou intervalo comercial para comunicar liderança de audiência e atraso de filme

Silvio Santos: um rapaz sincero.

Silvio Santos: um rapaz sincero.

O cancelamento de “Carrossel” não foi a primeira aventura do SBT anunciada ao público via intervalo comercial.

Em 1998, para comunicar uma vitória de Gugu sobre Faustão, Silvio Santos ditou um texto (podem reparar, em qualquer comunicado do SBT há um tom pimpão, de tio churrasqueiro) com as médias de ibope a cada trinta minutos ilustradas por desenhos dos apresentadores em um ringue de boxe.

Dez anos antes, para bater a Globo, o recurso foi acionado para avisar o novo horário de “Rambo”.

Programado para as 21h30, o filme foi atrasado até o fim de “Vale Tudo”, que teve capítulo duplo naquele dia.

Resultado: o SBT ficou 50 minutos apenas com a mensagem “Não se preocupe, quando terminar a novela da Globo você vai ver: Rambo”.

A Globo obteve picos acima dos 80 pontos quando enfrentou a tela congelada da concorrente, mas levou de 40 a 15 quando Stallone começou a atirar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s