O saco cheio de risadas

TV paga também aderiu fortemente às pegadinhas. Compactos do Candid Camera e Sérgio Mallandro têm grande cartaz nos canais Viva e Multishow.

TV paga também aderiu fortemente às pegadinhas. Compactos do Candid Camera e Sérgio Mallandro têm grande cartaz nos canais Viva e Multishow.

Antes limitadas ao “Programa Silvio Santos”, as pegadinhas têm conquistado espaço e investimento entre as redes abertas.

Desde a estreia, em abril, de um compilado de câmeras escondidas velhas da RedeTV!, pelo menos um programa criado e dois quadros do gênero foram ressuscitados. Assim, temos, considerando somente as atrações dedicadas exclusivamente à “arte”, nove horas semanais de situações ridículas.

Criado para servir de escada ao “Teste de Fidelidade”, o “Te Peguei” precisou de apenas duas transmissões para se tornar a estrela da emissora osasquense.

Os picos de até 5 pontos e os minutos à frente do “Pânico” serviram de passaporte para a programação diária da emissora, que reserva a ele a faixa das 18h às 18h45.

Há duas semanas, a edição dominical do show recebeu uma ligeira turbinada.

Além do pacote gráfico diferenciado, o apanhadão do humor ganhou apresentação de João Kléber, gravações inéditas e trinta minutos extras. Na edição de 8 de setembro, conseguiu média de quase 3 pontos e picos de 4.

Principal vítima da reciclagem da concorrente, a Band respondeu o ataque adquirindo um bloco de pegadinhas internacionais, o “Só Risos”.

Com índices entre 2 e 3 pontos, retomou seu estimado quarto lugar no ranking sem causar estardalhaços ou demandar estratégias mais elaboradas. Abandonará a grade dominical a partir de 15 de setembro para ceder espaço a Datena, mas acaba de estrear uma edição de 45 minutos, exibida de segunda a sexta-feira após a mesa redonda do Neto.

Os programas de Tina Roma e Celso Portioli também compõem esta odisseia.

Os quadros “Sorria, você está na Record” e “Telegrama Legal”, exibidos respectivamente por “Tudo A Ver” e “Domingo Legal”, têm conquistado, semana a semana, mais espaço e audiência, apesar de seguirem a fórmula de reprises bancada pela RedeTV!.

É o Brasil do século 21 morrendo de rir com as sacadas do século 20.

Anúncios

Um pensamento sobre “O saco cheio de risadas

  1. Essas porras parecem ter entrado em estado residual, decaindo como uma espiral.
    Dá para ver nas audiências que você posta como a rapaziada tem sido afugentada da TV aberta (e nem sei no que diz respeito à fechada).

    E como quem deve estar tirando o time fora da TV primeiro é a galera com mais tutano na cabeça, imagina o que vai sobrar para receber conteúdo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s