“A Fazenda” só vai vingar quando trocar de apresentador

Britto Jr. é o Ricardo Macchi dos apresentadores

Britto Jr. é o Ricardo Macchi dos apresentadores.

A primeira edição de “Casa dos Artistas” foi realizada quase em segredo no fim de 2001. Tiro curto, menos de 2 meses de duração, ela vale mais do que a “bíblia” produzida pela Endemol para o “Big Brother”, lançado pela Globo logo depois. Pois tudo o que a televisão brasileira sabe de reality show de confinamento parte da provocação de Silvio Santos naquele agitado ano, o último em que o SBT realmente infernizou a vida da maior concorrente.

“A Fazenda” é uma variante da “Casa dos Artistas” – e, consequentemente, do “Big Brother”. Formato sueco, estreou na Record em 2009. Na primeira edição, ultrapassou a casa dos 30 pontos de audiência na finalíssima. Menos que os 55 do reality precursor, mas ainda assim um resultado muito significativo. Agora na sexta temporada, o bonde caipira sofre pra manter o ponteiro acima dos 2 dígitos. A queda não é inesperada, mas a razão dessa curva descendente é no mínimo interessante.

Enquanto o pessoal do Silvio Santos penou sem sucesso na montagem de um casting com impacto semelhante ao da primeira edição de “Casa dos Artistas”, a Record conseguiu reunir times mais interessantes que o da primeira temporada conforme os anos passaram. O excesso de subcelebridades e o passado infeliz de algumas “estrelas” cooperaram muito para as convocações. Podemos afirmar categoricamente que nenhum freak show do mundo possui algo tão heterogêneo, bizarro e inesperado como o atual elenco de “A Fazenda”.

Participam do programa o cavalinho do Cristiano Ronaldo, uma ex-panicat, a filha da Monique Evans, o furacão da CPI, um rapaz que pegava uma ex-panicat, a versão mal sucedida do Pharrell Williams, o menino que gritava “Prêisteixom”, a morena do Tchan número 2, o irmão gêmeo do pagodeiro que regravou “Morango do Nordeste”, um atacante bom do Palmeiras (vale pelo esforço de encontrar alguém vivo que tenha feito sucesso no ataque palestrino), o Oliver do Teste de Fidelidade e a Rita Cadillac. Isso sem contar as pessoas que eu nunca vi na vida, mas que jamais passariam em um exame psicotécnico sem precisar subornar até o papel almaço da avaliação.

Por que o programa não massacra a concorrência apesar dos elementos corrosivos supracitados? Resposta: a gana pelo elenco perfeito sempre oculta o grande problema do programa, que a Record insiste em não resolver: seu reality show não tem apresentador.

Britto Jr. foi importantíssimo pra consolidação do “Hoje em Dia”, revista eletrônica que obrigou as emissoras a procurarem novas opções para o público das manhãs. Mas sua atuação lá envolvia basicamente jornalismo e prestação de serviço. Como em “A Fazenda” não há jornalismo nem prestação de serviço, toda aparição dele no programa é incômoda como os programas eleitorais do PCO, filmados em um bueiro na Avenida São João. Britto Jr. é o cigano Igor versão animador.

Ponto alto de qualquer programa do gênero, “A Fazenda” não aproveita suas eliminações porque Britto controla o tempo e o público como se fosse anunciar um novo confisco da poupança, a morte do Papa ou, pior, a data de lançamento do próximo disco do Carlinhos Brown. A tensão é exagerada, a seriedade contrasta com a ideia do entretenimento e as frases são sempre mal dosadas. Mesmo os desentendimentos ficam desinteressantes durante suas óbvias e inoportunas intervenções de narrador do National Geographic.

Flavio Ricco publicou em sua coluna de 8 de julho que a edição 2013 de “A Fazenda” pode ser a última produzida pela Record, às voltas com mudanças de direção. Ainda dá tempo de empurrar o Britto Jr. no fundo do poço artesiano e colocar qualquer um no lugar. Opções não faltam. Pode ser o moço do “Balanço Geral”. Pode ser o Marcelo Rezende, o mais alegre apresentador da atualidade. Pode ser até o Percival. O que não pode é deixar o tempo (e a concorrência) passar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s