O que você não deve assistir no fim de semana #5

Zac Efron em "Um Homem de Sorte". Sortudo é o cidadão sem TV.

Zac Efron em “Um Homem de Sorte”. Sortudo é o cidadão sem TV.

Roupa Nova, animais em pânico e Zac Efron.

Saque o controle remoto, a faixa de protesto e fique de olho na lista da semana. 


Fique longe de…

“Behind The Music: Ice Cube”
VH1, sexta, 21h

Por que não assistir? O Behind The Music foi inventado para contar “vida, carreira, sucesso e tragédia” dos artistas. Ice Cube não é artista nem nos Estados Unidos nem no palco do Raul Gil. Logo, qual a lógica do programa?


“Vídeos Divertidos do Animal Planet”

Animal Planeta, sábado, 14h

Por que não assistir? É uma reunião de imbecis. Tem o imbecil que filma, o imbecil que acha bonito testemunhar o próprio cão levar um tombo, o imbecil com voz irritante que narra passo a passo a infelicidade do animal e o imbecil que assiste e acha graça. Reserve este horário para lavar o quintal. Quem sabe você escorrega e lança o “Vídeos Divertidos do Cretino”.


“Um Homem de Sorte”

HBO, sábado, 22h

Por que não assistir? Sargento da Marinha americana encontra uma foto durante sua passagem pelo Iraque. Encantado, decide carregar a imagem da jovem consigo. Conforme escapava dos ataques, reforçava a ideia de que a fotografia era uma espécie de amuleto que o livrava do mal. De volta aos Estados Unidos, decide encontrar a desconhecida mulher impressa naquele pedaço de papel. Após localizá-la, começa a trabalhar para ela. Subitamente se apaixonam. Não, não é a sinopse da próxima novela da esposa do Silvio Santos. É  a sinopse do filme que a HBO resolveu exibir às 22h de um sábado. “Um Homem de Sorte”, neste caso, é aquele sem televisão.


“Music Box In Concert – Roupa Nova Acústico”
Music Box Brazil, domingo, 10h30

Por que não assistir? Porque você não precisa assumir pra ninguém que ficou pra titio (a). Encare sua ruína amorosa de maneira digna. Se você é casado, não assista porque seus filhos precisam de um exemplo legal.

 

“Olívias na TV”
Multishow, domingo, 22h

Por que não assistir? É uma versão ficcional (e piorada) do “Saia de Justa”. Mais urgente que a reforma política é a reforma da dramaturgia no Multishow.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s